terça-feira, 27 de julho de 2010

- formas de violência;

Diagnóstico, análise. Conselhos não solicitado.
Explicação e controle. Julgamento, opinião e intromissão.

Essas versões de violência, às vezes sutis, às vezes claras.
E mesmo as que não são notadas, ainda sim deixam suas
marcas quando desaparecem.
(Versions of violence - Alanis Morissette)

Ás vezes me sinto "estuprada" pela insegurança e cobrança alheia.

Good God, you're coming up with reasons.
Good God, you're dragging it out.
Good God, it's the changing of the seasons.
I feel so raped... So follow me down...

And just fake it if you're out of direction!
Fake it if you don't belong here!
Fake it if you feel like a infection!
Woah, you're such a fucking hypocrite! (Fake it - Seether)

2 comentários:

a ana é azeda. disse...

Como diria a propria Alanis: 'Porque eu tenho uma mão no bolso e a outra faz o sinal da paz'.

;*

Juliana. disse...

Mesmo sutil a violência é devastadora!
Um beijo Jú!