sexta-feira, 29 de outubro de 2010

- just don't give up;



hey, slow it down... whataya want from me?
yeah, I'm afraid. whataya want from me?

there might have been a time I would give myself away.
once upon a time I didn't give a damn but now here we are, so whataya want from me?

just don't give up, I'm workin' it out.
please don't give in, I won't let you down.


it messed me up, need a second to breathe.
just keep coming around. hey, whataya want from me?

yeah, it's plain to see that baby you're beautiful and it's nothing wrong with you.
it's me, I'm a freak but thanks for lovin' me 'cause you're doing it perfectly.

there might have been a time when I would let you step away.
I wouldn't even try but I think YOU could save my life.
[...]

terça-feira, 26 de outubro de 2010

- amar-te-ei;


No entanto,
do fundo do coração,
te agradeço o desespero que me causas
e detesto a tranquilidade em que vivi antes de te conhecer.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

- numb;

I'm tired of being what you want me to be.
Feeling so faithless, lost under the surface.
I don't know what you're expecting of me, put under the pressure, of walking in your shoes. Every step that I take is another mistake to you.
I've become so numb I can't feel you there.

I've become so tired, so much more aware.
I'm becoming this. All I want to do is be more like me and be less like you.
Can't you see that you're smothering me?

Holding too tightly, afraid to lose control.
'Cause everything that you thought I would be has fallen apart right in front of you.


Once upon a time it all made sense. Now it seems like sooooooo long ago. But you know... life changes in a heartbeat.
And these are the best days of my life. I mean, these are the best days of our lives.

- não será fácil, mas valerá a pena;

Mas como você faz pra me amar mesmo assim? Mesmo quando dou o pior de mim.
Naqueles momentos em que eu gostaria de escapar de mim porque nem eu me suporto.
Onde você encontra forças para pegar na minha mão e dizer que vai dar tudo certo?
Você conhece o pior de mim e ainda assim me ama.
Você poderia escolher o mundo, mas você simplesmente escolheu ficar comigo.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010



Sei il primo mio pensiero
che al mattino mi sveglia,
l'ultimo desiderio
che la notte mi culla.
sei la ragione più profonda
di ogni mio gesto
la storia più incredibile che conosco.
(Eccoti - 883)

- cicatriz;

o fato de eu levar uma cicatriz no pulso direito não muda o fato de eu esconder outras milhares dentro de mim.
o fato de eu estar sempre sorrindo, sempre espalhando energia boa, não muda o fato de eu ser triste por dentro.
o fato de eu mentir que sou forte e durona não muda o fato de eu ser extremamente medrosa e insegura.

a cicatriz que eu tenho visível é só uma lembrança de uma dor insuportável. uma lembrança ruim de uma época em que eu não conseguia conviver comigo, sentindo nojo.

o sorriso que eu levo hoje pode até ser sincero. mas ele inicialmente foi moldado pra enganar. mas depois descobri que com ele, eu recebia outros em troca. ficou mais fácil.

e a esquiva é o meu mecanismo de defesa preferido, já que eu nem sempre sou forte para enfrentar as adversidades que me aparecem.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

- o meu tanque de guerra;

demorei anos pra construir esta tanque de guerra pra mim. e sempre cuidei para que as pessoas näo me atingissem. sempre pude controlar tudo, desde os meus sentimentos, até os sentimentos alheios. algumas vezes até pensei ter perdido o controle, mas foi questão de minutos para eu retomar o volante.
eu pensava minha vida como um carro: sempre em movimento, eu sou a motorista, e as pessoas que entravam na minha vida não tinham autorização para sentar no banco da frente. não permitia que fossem co-pilotos. no máximo pegavam carona... atrás. algumas vezes eu até fiquei meio dispersa ao volante, algumas vezes já quiseram dirigir, mas isso nunca foi permitido.
mas aí, quando tudo estava sob MEU controle, você chegou. você nem precisou pedir carona porque eu simplesmente deixei você entrar... e no banco da frente. e pior: somos piloto e co-piloto ao mesmo tempo, ás vezes trocamos de lugar e você dirige. estamos sempre de acordo sobre o caminho a seguir, a velocidade na qual dirigir e até o momento de trocar a direção.
engraçado, seja com você ao meu lado, seja com você ao volante, eu não sinto medo. eu me sinto é segura, me sinto confortável.
e naturalmente sinto que este carro que estamos dirigindo não é mais só meu, nem só seu: é um que nós achamos juntos, compramos juntos.

Published with Blogger-droid v1.4.7

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

- inesperado;



è come mi guardi, è come mi cresci, è come mi arrivi.
è come mi hai dato, è come sei sempre, è come hai capito.
l’appello era breve, la neve era fresca, la giacca era stretta.

remember the feeling the fire you started, the rush of the moment.
I stopped all the searching for reckless emotions, you were unexpected.
I had to give in, I had to give up. my senses were weak for you.

inaspettata tu. mai preoccupata tu.

how far will you go? how long is the road? you can lead the way.
will is the power two days or two hours, we’ll leave yesterday.

mi sai consumare. mi sai regalare. mi sai suscitare...
inaspettata uh oh. mai preoccupata uh uh.

tutto quello che entra ed esce da te si chiama vita, vita.

ad un passo dal vero, primo senso in amore.
ad un passo dall’unico progetto che ho.

non mi devi tenere dentro questo rumore.
non mi devo fermare. non mi devo bruciare.

and there’s no way to stop it. and there’s nowhere to hide.
I’m just taking a chance... inaspettata.


regalami ancora concetti mai stanchi, regalami ancora.

your call was so freeing. I’m finally seeing you brought me to life.

senza fatica, senza una data, senza invadenza mai.
inaspettata tu... mai preoccupata oh oh.

no, we can’t let it go and we can’t let it break.
if it’s all that we have, can we leave it to fate?


non c’è pioggia che guasta, non ho limite in niente .
benvenutO, era ora... era l'ora migliore.

ad un passo dal vero primo senso in amore.
sto nascendo con te... inaspettata!

- é... foi tudo inesperado.









- não vá embora;

E no meio de tanta gente eu encontrei você.
Entre tanta gente chata sem nenhuma graça, você veio.
E eu que pensava que não ia me apaixonar nunca mais na vida.
Eu podia ficar feia, só, perdida,
mas com você eu fico muito mais bonita, mais esperta.
E podia estar tudo agora dando errado pra mim, mas com você dá certo.

Por isso não vá embora.
Por isso não me deixe nunca, nunca mais.
Por isso não vá, não vá embora.
Por isso não me deixe nunca, nunca mais.


Eu podia estar sofrendo, caído por aí,
mas com você eu fico muito mais feliz, mais desperta.
Eu podia estar agora sem você, mas eu não quero, não quero
Por isso não vá embora.
Por isso não me deixe nunca, nunca mais.
Por isso não vá, não vá embora.
Por isso não me deixe nunca, nunca mais.
(Marisa Monte)


sexta-feira, 1 de outubro de 2010

"Mas quando paro e me apóio em uma balaustrada para admirar o pôr-do-sol, acabo pensando um pouco demais, e meus pensamentos se tornam sombrios, e é entao que as duas me encontram.
Aproximam-se de mim, silenciosas e ameaçadoras como detetives particulares, e me cercam - a Depressão pela esquerda, a Solidão pela direita. Sequer precisam me mostrar seus distintivos. Eu as conheco muito bem. Ha anos que temos brincado de gato e rato. Embora eu reconheca que estou surpresa por encontrá-las neste elegante jardim italiano ao entardecer. Elas nao combinam com este lugar.
(...)
Quando se está perdido na selva, algumas vezes é preciso algum tempo para voce se dar conta de que está perdido. Durante muito tempo, voce pode se convencer de que só se afastou alguns metros do caminho, de que a qualquer momento irá conseguir voltar para a trilha marcada. Entao a noite cai, e torna a cair, e voce continua sem a menor ideia de onde està, e é hora de reconhecer que se afastou tanto do caminho que sequer sabe mais em que direção o sol nasce."
(Comer, Rezar, Amar - Elizabeth Gilbert)

Published with Blogger-droid v1.4.7