quinta-feira, 30 de julho de 2015

- a vida não castiga;


A vida não castiga. 
Apenas ensina. 
De acordo com as atitudes, 
ela responde com desafios que abrem 
a consciência e fazem amadurecer. 
A vida é muito sábia e trabalha sempre para o melhor.

(Do livro: Ninguém é de ninguém)

domingo, 26 de julho de 2015

- si fa presto;

si fa presto a cantare che il tempo sistema le cose. 
si fa un pò meno presto a convincersi che sia così. 

 é fácil cantar que o tempo cura as coisas. 
é um pouco menos fácil se convencer que seja assim.
- Ligabue

quinta-feira, 23 de julho de 2015

- cuidados paliativos;

"Diante do diagnóstico de uma doença grave, muitas dúvidas surgem em relação à possibilidade de cura. Com a evolução do problema e a confirmação de um prognóstico ruim, muitos pensam que não há mais nada a ser feito. Entram, porém, os cuidados paliativos, que aliviam o sofrimento e oferecem qualidade de vida ao paciente e seus familiares.
São trabalhos físicos, emocionais, sociais e espirituais que visam proporcionar o conforto nesses momentos difíceis.".


Porque amar aquilo que fazemos é FELICIDADE. 


- Palestra sobre Cuidados Paliativos (melhor, Cuidados de Amor) na Atenção Domiciliar

segunda-feira, 20 de julho de 2015

- independência nostálgica;




"A independência é alcançada entre quilos e quilos de compras transportadas sozinhas, viagens de ida e volta sozinha, finais de semanas passados em casa na cama com um só travesseiro, cozinhando o suficiente pra lavar um prato e um copo. E com um rápido mas diário autoerotismo, eu diria.".

(20.07.11 em meudesmundo)

domingo, 19 de julho de 2015

- lua sorridente;

hoje a lua está sorrindo. talvez seja um bom auspício. uma boa semana talvez. abençoada.

e embora esta semana tenha sido conturbada em todos os sentidos, especialmente no sentido amoroso, acredito que tenhamos aprendido um pouco mais sobre a convivência e o aceitar.

fecho minha semana com uma frase de Lao Tzu:
"Ser profundamente amado por alguém te dá força, enquanto amar profundamente alguém te dá coragem.".

segunda-feira, 13 de julho de 2015

- entre pacientes e poesias;

Assim como disse Ligabue que sempre existe uma música para cada momento, uma paciente me disse que existe sempre uma poesia para cada momento. E me disse isso citando Bilac: 

"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo 
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto, 
Que, para ouvi-las muita vez desperto 
E abro as janelas, pálido de espanto... 

E conversamos toda noite, enquanto 
A Via Láctea, como um pálio aberto, 
Cintila. E, ao vir o sol, saudoso e em pranto, 
Inda as procuro pelo céu deserto. 

Direis agora: "Tresloucado amigo! 
Que conversas com elas? Que sentido 
Tem o que dizes, quando não estão contigo?" 

E eu vos direi: "Amai para entendê-las! 
Pois só quem ama pode ter ouvido 

Capaz de ouvir e de entender estrelas."

domingo, 12 de julho de 2015

quarta-feira, 1 de julho de 2015

- força diária;


não deveríamos comemorar cada ANO de vida, mas sim cada DIA. às vezes passamos por diazinhos que valem por anos de luta e perseverança.
diazinhos filhos da puta mesmo.
dias onde até pra desistir exige esforço.
certa vez me disseram que matamos um leão por dia e desviamos de várias antas. concordo. 
tenho encontrado antas demais no meu caminho.
acho que preciso mudar de estrada.