segunda-feira, 3 de abril de 2017

- a solidão da maternidade;

Há muito tempo aprendi o que é solidão e como ser amiga dela. Ela me ensinou que não podemos contar muita gente.

Aí veio a maternidade e me mostrou uma nova face da solidão, que acaba por ser tornar amiga. 

E ela reforça ainda mais a ideia de sermos nossa própria força pois a rede de apoio é muito mais escassa do que se imaginava.

Que aprendizado com essa pequena.

quinta-feira, 23 de março de 2017

- iluminar;

...mas nos permite ver quanta escuridão existe ao redor.

Do livro: A bibliotecaria de Auschwitz de Antonio Iturbe.

quarta-feira, 22 de março de 2017

- outono;


Ah, como eu amava o outono. 

Ele é como nossa vida: a gente perde para ganhar depois.
Muitas vezes a gente se vê num momento decisivo mas que nem sempre temos o poder da escolha, principalmente quando nos falta sororidade, redes de apoio. 
Uma coisa é certa, o inverno por vir será frio. Mas temos que vivência-lo de coração aberto para estarmos prontos e fortes para a primavera incrível que chegará.

sexta-feira, 17 de março de 2017

- ato de fé;


Eu vi filmes de guerra e aqueles de terror e era possível ver bem que não eram invenções.
Eu vi mares calmos e mares tempestuosos. E eu vi na sala de parto a potência das coisas. 

- Atto di Fede - Ligabue

quarta-feira, 15 de março de 2017

- teoria x pratica;


Estudar a teoria é uma coisa, vivencia-la praticamente é muito outra. 

Estudar na faculdade desenvolvimento infantil era incrível. Vivenciar isso, é muito muito mais.
Estudar a fase de Angústia/Crise de Separação era "deboas". Vivenciar isso é colo, muito peito, muita paciência, muita dor nas costas e muitas noites sem dormir, é dormir das formas mais malucas só pra estar no colo da mãe. E claro, muitas vezes repetir o mantra "vai passar". 
E muitas outras fases virão. Aguardo novas emoções. 


terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

- o poder;

"O poder é um fim, não um meio. Não se instaura uma ditadura com a fim de assegurar uma revolução: se faz a revolução exatamente para instaurar a ditadura.". 

-1984, George Orwell.

Livro simplesmente perturbador.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

- mãe também cansa?;

Mas e aí, mãe também cansa?
Cansa de noites mal dormidas?
Cansa de não conseguir tomar banhos decentes?
Cansa da solidão da maternidade?
Cansa de não poder arrumar uma unha?
Cansa fisicamente?
Cansa de não ter privacidade?
Cansa de comer rápido entre pratos que são jogados no chão, com comida e tal?
Cansa por não ter uma rede de apoio?

Cansa?
Pode?

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

- zona de conforto;

Por um mundo onde as pessoas parem de reclamar daquilo que elas permitem acontecer.

Talvez hoje seja meu limite para ouvir lamentações de uma vida onde a pessoa reclama e nada faz pra mudar. Pior. Ela age da mesma forma que ela critica.

Paciência. Cada um sabe a dor e a delícia de ser exatamente o que é e estar onde se está agora.

Mas meu ouvido não é mais depósito de frustrações despropositadas.