terça-feira, 26 de outubro de 2010

- amar-te-ei;


No entanto,
do fundo do coração,
te agradeço o desespero que me causas
e detesto a tranquilidade em que vivi antes de te conhecer.

Um comentário:

Vitor disse...

amor da minha vida ;*