domingo, 2 de setembro de 2012

- todo o amor que eu tenho;



as maravilhas nesta parte do universo parecem nascidas para emoldurar teu rosto. e se por acaso você tivesse se perdido em meio ao caos, eu viveria sempre na incerteza, com um grande vazio que teria me levado para longe até o limite extremo de minhas esperanças. eu teria te procurado como um cavaleiro louco, teria lutado contra o mal e suas instâncias.

eu teria percorrido os labirintos sem um motivo, alimentando-me daquilo que o solo me teria oferecido.
a cada nova fronteira eu teria pedido abrigo. eu teria arriscado a minha vida em mar aberto.
considerando que o amor não tem preço, estou disposto a tudo para ter um pouco.
considerando que o amor não tem preço, pagarei por ele  oferecendo todo o amor eu tenho.

um prisioneiro dentro de uma prisão infinita, é assim que eu me sentiria se você não estivesse no meu coração. eu estaria como muitos negando as evidencias da tristeza para não dar a vitória aos vendedores de dor.

e eu vi coisas reservadas aos sonhadores e eu bebi o suco amargo do desprezo e eu cometi todos os meus atos mais puros. considerando que o amor não tem preço, estou disposto a tudo para ter um pouco. considerando que o amor não tem preço, pagarei por ele  oferecendo todo o amor eu tenho.

sem você teria sido tudo em vão, como uma espada que atravessa um corpo morto.
sem o amor eu seria apenas um falido, como um barco que nunca sai do porto.

e considerando que o amor não tem preço, estou disposto a tudo para ter um pouco.
considerando que o amor não tem preço, pagarei por ele oferecendo todo o amor eu tenho.

Nenhum comentário: