domingo, 29 de março de 2009

- enfim, nós;

eu não suporto a idéia de viver a minha vida sem nunca me arriscar.
qual seria a graça? e afinal, de que é que se tem certeza ensta vida?
uma droga. isso me afetou de um jeito que me deixou totalmente desanimada: com TUDO.sabe, geralmente quando você não está satisfeito com alguma coisa, você tenta mudar, certo?
pelo menos deveria ter VONTADE de tentar.


e eu acho que eu só quero dormir para sonhar. ou fazer coisas como ir à shows, teatros, cinemas ler livros, pra eu simplesmente não ter que pensar nestas coisas. pelo menos, fazendo isso, eu perco algumas horas do meu dia vivendo uma outra vida, ou ao menos, não pensando na minha.


ontem eu aproveitei melhor umas horas do meu dia no teatro, vendo a peça Enfim, nós, com o Bruno Mazzeo e a Fernanda Souza. e o que tenho a dizer? que foi muitissimo engraçado, que eles são ótimos e que eu me diverti muito. definitivamente, homem é tudo igual! haha!
concordo com o que falaram na peça, que as pessoas só deveriam se casar depois de ficarem presas no banheiro com seus futuros companheiros, para se conhecerem melhor.

Nenhum comentário: