quarta-feira, 30 de outubro de 2013

- quero o silêncio das estrelas;


não me contentarei da felicidade. quero curtir um pouco de silêncio.

mas por que o silêncio? 
porque, se sabe, não todos podem se permitir. um animo atormentado no silêncio conhece ouvir somente os seus gritos estraçalhantes. você pode se sentir feliz por alguma coisa e depois não conseguir ouvir o silêncio.  

a felicidade é como um fogo de artifício que nos confunde com as luzes coloridas e adrenalina. uma vez que chega ao fim deixa somente restos estourados sobre o asfalto. 
a serenidade, ao invés  presenteia a harmonia dos silêncios. é como um céu estrelado que brilha no escuro enquanto todo o resto cala.

não me contento do estardalhaço dos fogos. quero o silêncio das estrelas. 

Nenhum comentário: