sexta-feira, 23 de novembro de 2012

- um dia valerá a pena;


um dia valerá a pena, talvez.
todas aquelas vezes onde tudo deu errado, aquelas vezes onde acontecia o oposto do que você esperava. todas aquelas desilusões, falta de atenção, falta de respeito, choro que duravam horas.
valerá a pena. é sempre assim.
nada acontece quando a gente espera ansiosamente.
como os trens que não chegam nunca no horário certo, eles chegam quando você pára de esperar.
e é assim que chegam os momentos certos, aqueles que fazem valer a pena os trens eternamente atrasados na nossa vida.

Nenhum comentário: