terça-feira, 20 de novembro de 2012

- inútil;

chego ao final de cada dia, sempre com uma perseverança que me surpreende. eu tento não dar mais espaço para a melancolia, me faço poucas perguntas e no caso de dúvidas dou risada para confundir as águas. mas à noite, poucos minutos antes de cair no sono, volto à mim mesma e sinto uma certeza implacável que eu nunca vou mudar. sou feita para carícias, para amor como todo ser humano, não importa o quanto eu tente mudar ou esconder isso.

Nenhum comentário: