quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

- zona de conforto;

Por um mundo onde as pessoas parem de reclamar daquilo que elas permitem acontecer.

Talvez hoje seja meu limite para ouvir lamentações de uma vida onde a pessoa reclama e nada faz pra mudar. Pior. Ela age da mesma forma que ela critica.

Paciência. Cada um sabe a dor e a delícia de ser exatamente o que é e estar onde se está agora.

Mas meu ouvido não é mais depósito de frustrações despropositadas.

Nenhum comentário: