sexta-feira, 1 de abril de 2016

- ah, abril;

ah, abril. novamente. quanta coisa em um ano.
abril sempre me trouxe coisas boas. 
este ano não poderia ser diferente.

e nesses últimos nove meses o que eu mais aprendi foi ignorar as pessoas (descobri também o quanto as pessoas são invasivas).

ainda preciso aprender a controlar minha lingua. como por exemplo quando me dizem: "nossa, ela não vai nascer? não aguento mais esperar"
ah, VOCÊ, não aguenta mais esperar. você que não tá fazendo nada, que não carrega ela na barriga, que não dorme, que não come direito, que se sente sempre cansada. sim, VOCÊ. bem VOCÊ mesmo não aguenta mais esperar.

é tão difícil assim as pessoas pararem de se colocar no centro das situações?! isso pra mim é falta de terapia. mesmo.

esse é exatamente o tipo de coisa que eu me policio diariamente para não fazer: não ser invasiva e desrespeitosa com as pessoas. é aquela coisa de empatia, se colocar no lugar do outro.


Nenhum comentário: