terça-feira, 15 de novembro de 2011

- um tchau e por trás um adeus;


eu vou embora porque você sabe que aquilo que você é, você nunca me disse. e agora é mais que óbvio que é você quem brinca comigo. e outra, vou embora porque lindo como você é me faria mudar de idéia de novo. e depois a ingênua sou eu, com um tchau e por trás um adeus.
mas tudo bem, eu vou embora. porque eu... eu com você... eu me rendo. mas se lembre também que quem sai perdendo é você, porque eu não pretendo.
e eu vou sofrer. mas o que você espera? cedo ou tarde todo mundo passa por isso. e aquilo que sobra do esquecimento é simplesmente um tchau e por trás um adeus.
mas tudo bem, eu vou embora. porque eu... eu com você... eu me rendo. mas se lembre também que quem sai perdendo é você, porque eu não pretendo. ok, eu vou embora. porque eu sem você, eu brilho. e não é possível continuar me sentindo mal assim. embora eu esteja sofrendo porque sem você, sabe, é terrível.
(un ciao dentro un addio - gianluca grignani)

Nenhum comentário: