terça-feira, 20 de abril de 2010

- di notte - pierdavide;


De noite
Upload feito originalmente por Eduardo Amorim

De noite as emoções parecem mais densas. De noite.
De noite nascem as melodias mais intensas. De noite.
De noite um beijo voa em direção ao infinito. De noite.
De noite se descobre a delicadeza de um marido. De noite.
De noite aparece a força pra não dizer que você precisa de mim.
E faz mal quando você diz que está mal e não estou contigo.
E faz mal quando a dor te toma e não estou com você.
E faz mal quando estou impossibilitado de estar com você.
Me faz mal, quando apesar de tudo, você me escolhe.
De noite o mundo é justo porque está dormindo. De noite.
De noite a sua dor já está me matando. De noite.
Esta noite te amarei como se fosse a ultima vez.
E faz mal quando você diz que está mal e não estou contigo.
E faz mal quando a dor te toma e não estou com você.
E faz mal quando estou impossibilitado de estar com você.
Me faz mal, quando apesar de tudo, você me escolhe.
E ainda riremos de tudo isso. Come sempre. Como agora.
Os anjos vivem no céu, mas você está aqui comigo.(...)".

(Di notte - Pierdavide)

Um comentário:

Juliana. disse...

Ai que lindo Ju, apaixonante, a noite interessante que vem as memórias, os momentos todos na mente, faz um mal não ter quem amamos por perto, mais se temos, a noite é perfeita!
um beijo da Ju..rs