quinta-feira, 4 de setembro de 2008

- incomplete.

Incomplete.
Um dia, encontrarei alívio.
Serei reconhecido.
E eu serei amigo dos meus amigos que sabem ser amigos.

Um dia, estarei em paz e encontrarei a luz.
E eu estarei casada, com filhos e talvez adotivos
Um dia que estarei curado.
E transformarei essas feridas em tragi-comédias.

Corri até suar minha vida inteira, tentando chegar na linha de chegada.
Perdendo a felicidade esse tempo todo sendo, e para sempre assim, incompleta.

Um dia, minha cabeça estará curada.
E conhecerei Deus.
E sempre serei um só com ele, dia e noite
Um dia serei seguro, como os homens que vejo sem medo de amar.

Corri até suar minha vida inteira, tentando chegar na linha de chegada.
Perdendo a felicidade esse tempo todo sendo, e para sempre assim, incompleta.

Sempre progredindo.
Sempre crescendo.
Sempre aventureira e sofredora....porém nunca acabada.

Um dia, falarei abertamente.
Serei menos medrosa, menos julgada.
Um dia, estarei repleto de fé.
Confiarei mais, serei maior, autentico, e terei pés no chao e irei pra minha casa.

Corri até suar minha vida inteira, tentando chegar na linha de chegada.
Perdendo a felicidade esse tempo todo sendo, e para sempre assim, incompleta.
_Alanis Morissette.

Nenhum comentário: