domingo, 23 de dezembro de 2012

- tarde devastante de domingo;



o que se acontece com este céu límpido que nunca foi assim tão azul.
e quem se interessa dessas nuvens se você não está aqui.

 tarde devastante de domingo. como os outros fazem para estar alegres?
 não tem nem um pouco de música se você não está aqui.

 e agora que você está em algum lugar, quem sabe se meu pensamento chega até você.
quem sabe se você vai rir ou vai ficar feliz.

 o que me interessa desse pôr-do-sol inútil? parece que não vai acabar mais.
e ele teima em dar o seu espetáculo mesmo quando aqui você não está.

 tão sozinho a ponto de pânico e tem outra pessoa aqui comigo.
 acho que sou um perfeito estupido.
 sabe como é, falta você. 

 e agora que você está em algum lugar, quem sabe se meu pensamento chega até você.
quem sabe se você vai rir ou vai ficar feliz.

 e agora que você está em algum lugar me devolva o meu pensamento.
deve existir uma maneira pra você me deixar ir... 

quem se interessa dessa noite jovem? não tem nada na tv.
 e que tristeza ao ver aquele cômico quando você não está aqui.

 e agora que você está em algum lugar, quem sabe se meu pensamento chega até você.
 quem sabe se você vai rir ou vai ficar feliz.

e agora que você está em algum lugar me devolva o meu pensamento.
deve existir uma maneira pra você me deixar ir...




Nenhum comentário: